É possível fazer o Cadastro Único pela internet? Saiba aqui

O Cadastro único é um recurso muito importante para todos os cidadãos  brasileiros, mas principalmente, aqueles que precisam de alguma assistência por parte do governo. Quem está precisando fazer esse cadastro, pode ter procurado opções mais simples de se registrar, como através da internet. Mas será que é possível? Continue lendo para descobrir essa e outras informações:

O que é o Cadastro Único?

O Cadastro único foi um recurso desenvolvido pelo Governo para registrar pessoas de baixa e média renda que precisassem de algum tipo de assistência. Esse recurso é muito importante, uma vez que é capaz de promover dados para o sistema.

Esses dados dizem respeito às condições sociais e econômicas de determinado local, assim como também permitem que o Governo possa dar uma atenção direcionado para o público registrado. Por isso, é muito importante que os cidadãos realizem o cadastro.

Para o próprio cidadão, há diversos benefícios que passam a ficar disponíveis quando ele se registra no Cadastro Único.

Quais os benefícios disponíveis?

Quando participa do Cadastro Único, ou Cadúnico, o cidadão passa a ter acesso a muitos recursos importantes. Trouxemos a seguir alguns dos mais utilizados pelos cidadãos, começando pelo bolsa família 2020.

O Bolsa Família é um programa de transferência de renda que auxilia financeiramente famílias que se encontram em situação de pobreza. Esse auxílio monetário visa garantir necessidades básicas como alimentação, por exemplo.

Outros dois recursos bem interessantes que passam a ficar disponíveis depois desse registro são a Tarifa Social para água e a Tarifa Social energia. Os dois programas garantem que a família pague a taxa mínima por essas contas.

Existem muitas outras vantagens oferecidas para as famílias que se registram no Cadúnico, por isso, vale a pena conferir como funciona a inscrição no programa.

Como se cadastrar?

Se você se interessou pelas vantagens do Cadúnico, deve estar se perguntando como funciona o cadastro para o programa, ou ainda, se é possível realizá-lo de forma online. Vale lembrar que para ambas as situações, o cidadão vai precisar dos seus documentos pessoais.

Para registrar-se pessoalmente, é necessário ir até uma unidade do CRAS  e fazer a solicitação de uma avaliação por parte dos assistentes da unidade. A partir daí, será agendada uma visita até a sua resistência para que o órgão se certifique que a família realmente precisa do benefício.

Enquanto isso, o registro pela internet é um tanto vago. Isto porque, cada região tem seu próprio CRAS e sua própria prefeitura operando. É interessante visitar o site oficial da sua prefeitura!