Em 2019, mais de 1,8 mil brasileiros fizeram a prova do Encceja no exterior

O Encceja surgiu como uma das resposta para rever o cenário de educação interrompida que ainda existe no país. Essa proposta permite a aquisição de um certificado do ensino bácio, que pode estar dando um novo direcionamento para a vida de milhares de brasileiros.

De acordo com dados recentes, os brasileiros que moram fora do país não estão livres das consequências de uma educação interrompida e por isso, o número de participantes que moravam fora do país no último ano aumentou consideravelmente.

Quer saber mais sobre essa notícia e entenda o processo do Encceja? Então veja as informações a seguir e fique por dentro de tudo:

Você sabia que o Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM), antes de se tornar um sistema de distribuição de vagas de instituições públicas e privadas servia como um avaliador do conhecimento adquirido no Ensino Médio?

Assim, os estudantes podiam concluir a última etapa da educação básica se fossem bem sucedidos no exame. Mas com o tempo, notaram-se algumas falhas no recurso e outras medidas passaram a ser tomadas.

Estamos falando da criação do Exame Nacional para Certificação de Competências de Jovens e Adultos (ENCCEJA), sendo mais abrangente e totalmente voltado para a conclusão do ensino básico.

O programa permite que jovens e adultos que estão fora da faixa etária de idade prevista ou tiveram os seus estudos interrompidos possam ter a chance de conquistar o seu certificado de conclusão através de uma prova.

Os estudantes de todos os lugares podem se preparar através da apostilas Encceja PDFe esse foi um dos motivos da ampliação desse exame.

A aplicação da prova do Encceja passou a ser realizada não somente na escola pública, como em penitenciárias brasileiras e em consulados do Brasil fora do país.

Por isso, tivemos um aumento significativo de brasileiros realizando a prova do Encceja. De acordo com os dados, mais de 1,8 milhões de brasileiros que moram fora do país se inscreveram para participar do programa e conseguir seu certificado.

A prova foi aplicada em 18 cidades de 12 países diferentes, como:Barcelona e Madri (Espanha); Boston, Houston, Nova Iorque e Miami (Estados Unidos); Paris (França); Caiena (Guiana Francesa) Nagoia, Hamamatsu e Tóquio (Japão); Lisboa (Portugal).

O processo de inscrição e confirmação de dados é realizado online, o que facilita bastante a participação dos estudantes, principalmente parra os que moram em outros países.

Além disso, vale mencionar que a inscrição para realizar a prova do Encceja é gratuita e por isso, a expectativa é que a possibilidade fique cada vez mais popular entre os brasileiros.